Fundo Bitcoin Beirut criado para ajudar as vítimas da explosão

Expatriados libaneses criaram um fundo criptográfico para ajudar as vítimas da explosão

Um fundo Bitcoin Beirute chamado „Crypto Disaster Relief For Beirut Explosion“ foi criado para trazer alívio às vítimas. A explosão em Beirute infligiu um golpe devastador à economia do país.

As finanças libanesas já estavam frágeis antes que a explosão mortal a desfizesse totalmente. O sistema bancário sofreu danos maciços, e as pessoas estão enfrentando sérios desafios para acessar seus fundos.

Os Bitcoiners estiveram à altura do desafio e lançaram o fundo para garantir ajuda para as vítimas. Os esforços da comunidade criptográfica garantiram que os cidadãos libaneses tivessem acesso ao dinheiro em tempos tão difíceis. O fundo foi lançado por ex-patriotas libaneses baseados na Europa que estão preocupados com a grave crise bancária que pode paralisar ainda mais a economia.

Fundo de auxílio Bitcoin Beirute promete muito mais do que auxílio

A campanha do fundo Bitcoin Beirut diz que o sistema financeiro do país é corrupto até o núcleo. Em seu posto Instagram, eles querem enfatizar os benefícios do uso de transações em moeda criptográfica para contornar o sistema bancário convencional, que é atormentado pela corrupção, ineficiência e falhas técnicas.

O fundo está capacitando as pessoas no terreno através de comerciantes de balcão de confiança, fornecendo a liquidez muito necessária para os cidadãos. As organizações sem fins lucrativos locais, incluindo o Baytna Baytak, estão sendo financiadas pelo fundo Bitcoin Beirut para ajudar as pessoas a localizar alimentos, abrigo e segurança.

Saifedean Ammous, um professor palestino, residente no Líbano, está organizando a arrecadação de fundos para a Cruz Vermelha Libanesa e Beit el Baraka. seus esforços têm dado frutos, e ele coletou Bitcoins no valor de várias centenas de dólares. Outra organização sem fins lucrativos chamada „Kilna Ya3ne Kilna“ também está usando o modelo Bitcoin de financiamento de multidões para desembolsar ajuda humanitária.

Crise política e financeira agarra o Líbano

O Líbano se encontra em meio a uma crise política e econômica. Os principais líderes se demitiram após dias de protestos violentos, pois as pessoas culparam os líderes políticos pela corrupção endêmica. Grupos armados tomaram conta de escritórios e prédios do governo em todo o país.

A condição econômica do país já estava em ruínas antes da infeliz explosão. A natureza descentralizada das moedas criptográficas e do fundo Bitcoin Beirut faz delas uma solução ideal em tempos tão infelizes. A crise mostrou que a indústria criptográfica pode administrar melhor o problema financeiro em comparação com os canais tradicionais.